Baloiços com vista para o mundo: para pequenos e graúdos!


Imagem Ilustrativa

Depois da febre dos passadiços, a nova moda em Portugal são os baloiços com “apetitosas vistas para o mundo”.

De norte a sul do país, nos pontos mais altos ou com as vistas mais panorâmicas, é possível encontrar criativos baloiços que nos levam, num embalo, até ao recreio da escola ou nos despertam a imaginação e a fazem voar até ao infinito e mais além.

Se está a pensar em fazer turismo em Portugal, estes são alguns dos baloiços que não deve deixar de visitar:

• Baloiço do Trevim, Serra da Lousã

É a 1200 metros de altitude, ponto mais alto da Serra da Lousã, que se situa o nosso primeiro baloiço. Além de proporcionar uma espantosa vista sobre uma das zonas mais intocadas da paisagem natural portuguesa, este é um local extraordinário para levar para casa e para a sua conta de Instagram uma foto que vai dar que falar.

• Baloiço de Penedros da Cabeça, Ferreira Aves – Viseu

“Senta e Sente”, este é o mote proposto pelo baloiço de Penedros da Cabeça em Ferreira Aves, Viseu, e não podia sintetizar melhor a experiência que é deixarmo-nos embalar pelo vento e voltar a sentirmo-nos crianças deslumbradas com a beleza do mundo.

Construído por um jovem que tinha como objetivo atrair visitantes à natureza, que é uma das potencialidades da região, o baloiço cumpre na perfeição a ideia do seu criador.

• Baloiço da Nazaré, Nazaré

Nem só de ondas gigantes e histórias de pescadores se faz a bela Nazaré. Sob o nome de nascimento “Foi Amor à primeira vista”, em frente à Praia da Nazaré e junto à ladeira para o Sítio da Nazaré, ergue-se um baloiço que embala pequenos e graúdos com vista para o vasto e belo infinito azul.

Escusado será dizer que, neste baloiço, as fotos são espetaculares.

• Baloiço do Cervo, Vila Nova de Cerveira

Já lá diz o ditado que melhor do que um baloiço, só dois baloiços. Se o ditado não é assim passa a ser desde que Miradouro do Cervo em Vila Nova de Cerveira inaugurou os seus baloiços.

Num tempo em que as estruturas turísticas procuram a sua internacionalização, o Baloiço do Cervo consegue-o de uma só penada, já que quase que atravessa fronteiras, quanto mais não seja pela vista magnífica enquanto balança se estender até Espanha.

• Baloiço 440, Fafe

Um baloiço tem, simultaneamente, algo de infantil e romântico em si ou, se quisermos, o romantismo de uma infância cheia de possibilidades e sem limites.

No caso do Baloiço 440, Travassós –Fafe, é o amor quem mais ordena. “O amor que nos une”, gravado na madeira de que é feito, é o símbolo máximo de um baloiço dedicado à celebração do amor, sob todas as formas e sem barreiras, só as da imaginação.

• Baloiço Nossa Senhora da Luz, Marco de Canaveses

Nestas viagens em Portugal em busca de baloiços para visitar damos com a placa toponímica “Bem Viver”, premissa que nos leva até mais um baloiço “com vista para o mundo”.

Falamos do Baloiço Nossa Senhora da Luz, instalado no Parque do Divino Salvador, junto à Igreja de Magrelos, que tem uma particularidade para além da magnífica vista sobre a paisagem duriense: foi construído pela comunidade local da freguesia e da paróquia, que uniram esforços para proporcionar aos visitantes um momento de leveza e contemplação.

• Baloiço do Mezio, Arcos de Valdevez

Se subir ao ponto mais alto de um determinado local pode enquadrar-se na categoria de “pensar em alto”, quem vai até Mezio, Arcos de Valdevez vai dobrar este pensamento, uma vez que o baloiço aí situado é considerado o maior do país, possuindo mais de sete metros de altura.

Deixando de lado a “mania das grandezas”, prepare-se para se deslumbrar com uma soberba vista sobre a belíssima Serra do Soajo, que fica bem ao lado do Parque Nacional Peneda-Gerês. 

Uma dica, experimente o balanço deste baloiço especialmente ao nascer e pôr-do-sol e delicie-se.